INSTRUMENTO DE ESCRITA

Capa produção b.png c.PNG d.png
Autor(es) Luisa Leitenperger
Laboratório: Utensílios
Orientador(es): Carolina Iuva de Mello
Ano: 2017

Foram realizadas análises incluindo diacrônica, sincrônica e de uso para compreender o universo dos instrumentos de escrita. Também foi elaborado um questionário que possibilitou conhecer mais dos hábitos e preferências dos usuários. As principais observações foram a confirmação da relevância do projeto, pois todos os participantes escrevem à mão, a ausência de preferência por um determinado tipo de instrumento (diferentes tipos como caneta esferográfica, lapiseira, etc receberam quantidade similarde votos), e o apontamento das características mais importantes – a facilidade, confiabilidade e conforto na escrita.

A partir disso, foi definido que seria desenhado um instrumento de escrita completo, com uma parte externa que pudesse servir para vários tipos de mecanismos – caneta esferográfica, gel ou lapiseira. O público-alvo escolhido foi jovens de cerca de 20 anos. Os requisitos obrigatórios foram o conforto (ergonomia) e a facilidade no uso (confiável, sem manutenção). Os desejáveis foram durabilidade, baixo custo, sustentabilidade e que incentive a escrita. O produto foi decomposto nas suas principais partes (botão, corpo, pega e ponta) e foram desenhadas alternativas separadamente que depois foram combinadas, gerando 21 possiblidades. Foram produzidos oito mocapes diferentes utilizando espuma floral e massa acrílica. Os mocapes foram testados informalmente no ambiente de aula por outros estudantes, com ênfase no aspecto emocional e
ergonômico, pela reação visceral à forma e teste da pega.

Após foram selecionadas quatro alternativas que combinam os desenhos de perfil triangular e redondo e a pega côncava e convexa. Juntas elas podem formar uma coleção ou linha de produtos. As linhas retas do corpo passam a ideia de solidez e confiança, enquanto as linhas orgânicas e sinuosas da pega proporcionam conforto.